Report City (Loja Kanto) – Wallysson “SonSon” Lima

postado em: Campeonatos | 2

E aí galera, quanto tempo! Depois de dois meses parado resolvi jogar um campeonato oficial, quando soube que era Expanded não poderia perder de jeito nenhum. Não sei o que vocês estão achando mas acho que o formato está um pouco sem graça em relação ao do ano passado, sim, acho que o N faz falta demais para a mecânica do jogo e para o incremento de emoção para que consiga virar uma partida quando já estava perdida, gosto disso. Sem contar que ainda acho mais consistente por causa da Busca Computadorizada, Colress, Dowsing Machine, Jirachi-EX que deixa os baralhos mais equilibrados e assim valorizando o jogo mais técnico.
Mas nem tudo são flores no Expanded, ainda acho Laser + Virbank com Seismitoad-EX ridículo acabando um pouco com a graça, lock de trainers sempre teve em todos os formatos, mas nunca foi tão fácil de bloquear os itens do oponente como o Sapo.
O torneio foi na Taverna organizada pela Loja Kanto e em relação aos últimos torneios sancionados teve pouca gente. O porquê disso pode é que muita gente não guarda cartas antigas, a maioria vende para que possa continuar montando decks do Standard. Mas foi um bom torneio e vou contar para vocês como escolhi o deck.

Pokémon (13)

2- Yveltal-EX
2- Yveltal
2- Shaymin-EX
1- Seismitoad-EX
1- Keldeo-EX
1- Jirachi-EX
1- Hoopa-EX
1- Gallade
1- Darkrai-EX
1- Archeops

Treinadores (37)

4- VS Seeker
4- Ultra Ball
4- Dark Patch
4- Battle Compressor
3- Trainers’ Mail
3- Professor Sycamore
3- Hypnotoxic Laser
2- Virbank City Gym
2- Muscle Band
2- Maxie’s Hidden Ball Trick
2- Float Stone
1- N
1- Lysandre
1- Hex Maniac
1- Computer Search

Obrigado por emprestar as cartas, Ponce e Macaco :)
                                             Obrigado por emprestar as cartas, Ponce e Macaco 🙂

Análise do Deck

Para mim Darkrai-EX foi uma das cartas mais fortes que a Pokémon já fez, não é à toa que já foi campeão mundial. Yveltal-EX nunca ficou para trás e como acho que é um dos únicos decks que não tem partida perdida sempre dependendo do player.
Meus últimos campeonatos foram os regionais do Espirito Santo e Minas Gerais, no ES consegui um top 4 bacana com meu deck de Vespa. Em MG o deck não rodou tão bem, junto com isso a longa viagem pesou.
Quem já jogou de Yveltal sabe o tanto que o bicho é forte e capaz de nocautear qualquer Pokémon, coloca tudo isso com Virbank + Laser e aceleração de Dark Patch, da quase um atacante perfeito.
Nessa lista conta com 2 Shaymin-EX para dar velocidade ao jogo, Jirachi-EX que é de suma importância para fazer Maxie. O baralho é muito consistente em que uma ultra ball faz com que seu deck já comece voando.
Battle Compressor auxilia para descartar as cartas indesejadas naquela partida ou principalmente jogar o Archeops e Gallade na pilha de descarta. O Gallade serve para dar consistência nos draws além de ser um ótimo atacante, Archeops tem a função de parar Pokémon evoluídos, Crobat, Dusknoir, Vespiquen, Flareon, Donphan, fazendo apenas os básicos o que acaba sendo um trabalho fácil no jogo.
Escolhi a Computer Search porque se torna mais fácil conseguir dar Maxie sem contar que pegar qualquer carta no deck é sensacional.

Round 1 – Renato Christian (VirGen)

“Tínhamos 6 meses que não jogávamos uma partida contra, depois do último nacional em que sentamos na última mesa, os dois precisando ganhar e apenas um entrar foi de uma emoção impar em que ele saiu vitorioso mais do que merecido. Quando chamou nossos nomes foi muito engraçado um olhou para o outro como dissesse, mas já? Tentamos dar a melhor partida que cada um conseguiria depois de um tempo inativo e não é que a partida foi de alta habilidade?

No formato expanded todos estavam cansados de saber que o Christian jogaria de VirGen foi o deck que deu tudo para ele no ano passado e é o melhor jogador dessa variação.”

Na primeira partida comecei com um Yveltal Baby e fiz de tudo para conseguir dar Maxie t1, mas certos hábitos nunca mudam… Então gastei meu laser com virbank em um Sceptile-Ex apenas para não vir novamente em minha mão, fiz toda minha jogada e passei.
O deck de VirGen é simples, energia e passo. Só que ele estava usando Scepitile-EX que nocauteia muito facilmente um Yveltal-EX então comecei a ficar esperto para não dar chance que ele pudesse puxar e nocautear. O que fiz? Coloquei dois Yveltal-EX e distribui as energias, os 30 do Baby faz uma diferença enorme já que fica mais fácil nocautear o Virizion-EX. No turno dele ele usou laser com estádio em campo ele bateu 100 e dormi, como no nacional não consegui acordar, fiz tudo para buscar Keldeo-EX com Float Stones só que não consegui acertar os dois então tive que aceitar a morte, quando nocauteado tive que subir um Hoopa-EX porque todos os outros eram importantes para mim. Com um ataque de Sceptile junto com laser, virbank e muscle ele conseguiu me dar um hit facilmente. Fiquei assustado com o poder desse bicho, mas ainda tinha o jogo na mão, então começou a entrar em campo as Dark Patch e os N, cada N que dava foi cirúrgico para virada do jogo.
Segunda partida ele começou, o que dá uma vantagem muito grande, sem contar que ele focou no Genesect-EX, nessa partida ele fez tudo certo, não startei tão bem como queria, mas quando consegui ele já estava com o jogo todo controlado porque fez a jogada que todo jogador de VirGen deve conhecer, minar os danos com Virizion-EX para deixar meus Pokémon com 100 de vida então era muito fácil ele nocautear depois sendo assim ele empatou merecidamente.
A terceira foi minha vez de começar com tudo, Yveltal-EX, energia, muscle, baixei a dupla e comecei a levar tudo que tava na frente até ficar com 4 prêmios e o juiz chamar os 3 turnos. Consegui puxar 2 prizes mas no último ele recuou o Virizion com duas energias pra não aumentar meu dano e deixou um sem energia e com todo HP além de ter removido uma dupla minha. Por incrível que pareça eu ainda tinha chances de vitórias, precisava comprar uma Float Stone para utilizar as Dark Patch e acertar um laser que ele deixou o Pokémon dele desprotegido, consegui 150 de dano, mas infelizmente faltou uma carta. Melhor partida disparada! Boa Renato.

0-0-1

Round 2 – Renato Ribeiro (Wailord-EX)

“Pensem comigo, depois de uma partida dessa desgastante tudo que eu queria era um good match para ficar feliz, certo? Não tem como, peguei na segunda rodada o Renato Ribeiro, um jogador extremamente habilidoso que não joga com a mesma intensidade de antigamente. Nós já disputamos final e tops no ano passado, sabia que não seria fácil ainda mais por ele está com essa baleia, que deck chato!”

Tive sorte de começar com Yveltal-EX, quando fiquei sabendo que era Wailord-EX eu tive um rápido raciocínio como ganhar essa partida, as duas foram muito iguais, eu começava juntar as cartas na minha mão a espera de Keldeo-EX e Float Stone, usava N pra não tomar Hugh e perder várias cartas, baixava energia na frente de proposito pra fazer ele gastar seus recursos, depois usava “Rush In”, Dark Patch e montava uma bomba Yveltal-EX ai ele não conseguia aguentar a pressão que colocava, o Yveltal Baby usava pra reciclar as energias caso descartasse mais, se subisse Suicune eu usava Hex Maniac para parar o “Safeguard” e nocautear em um hit, também fiz o sapo pra travar as trainers e fechar o dano no final, foi assim que venci as duas partidas, gastei tão pouco recurso que no final ele perderia de deck over não eu.
Foi a partida no torneio que mais tive que usar “skill” porque não esperava nenhum pouco encontrar esse deck.

1-0-1

Round 3 – Gabriel Dutra (Seismitoad-EX/Manectric-EX/Dusknoir)

“Dutra é um garoto ainda, acabou de subir para a categoria Master e começou fazendo muito bonito, ele tem um apreço muito grande pelo Sapo então já sabia que ia encontrar esse adversário. Essa partida paro o Yveltal é relativamente complicada ainda mais que não consegui descer o Archeops ou Gallade com o Maxie.”

Ele ganhou a primeira muito fácil, acabei dando um Sycamore onde não comprei energia e apenas treinadores fazendo com que desistisse porque ele ainda travou um Hoopa-EX na frente e distribuía o dano com Dusknoir, maldoso esse menino.
Na segunda e terceira partida eu tinha entendido como o deck dele funcionava, achei uma fraqueza por ele não utilizar nenhum Keldeo-EX ou Super Scoop Up fazendo com que meu primeiro laser que acertasse no Seismitoad-EX ficaria até ser nocauteado o que me deu uma vantagem absurda então fiz Darkrai-EX e só administrei a partida.

2-0-1

Round 4 – Dyego Castro (Keldeo-EX/Blaistoise)

“Não tem muito o que falar do melhor jogador do Brasil, campeão brasileiro de 2015, mas ele tem o grande poder de zicar contra mim, é incrível! Sorte minha.

Nessa partida quando a gente estava indo para loja eu e o Ponce fizemos mais ou menos um cálculo de quantas energias precisava para nocautear um Keldeo-EX então já fui com vantagem para a partida.”

Aleluia! Consegui fazer um Maxie t1 e trazer o Gallade pra mesa. Só que ele também conseguiu um Archie t1 colocando o Blaistoise pronto para carregar meio mundo.
Consegui com minha estratégia inicial que foi o seguinte, um Keldeo-EX precisa de 5 energias + 1 uma muscle para conseguir dar um hit
no Yveltal-EX, com isso eu dei um Yveltal-EX para ele que já tinha pegado 2 prêmios. Quando ele nocauteou meu Pokémon eu usei Dark Patch, DCE, Battle Compressor e joguei um Hex Maniac na pilha de descarte usando VS utilizei o efeito e não podia utilizar habilidade no próximo turno fazendo uma enorme diferença na partida. Assim levei a primeira partida.
Na segunda não conseguimos descer nossos Pokémon por Maxie nem Archie, então lembrei de uma conversa com o Ponce, se ele não conseguir utilizar no primeiro turno a chance de utilizar seria bem escassos, o que eu fiz? Peguei um Seismitoad-EX e fui travando ele. No final ele virou os prêmios e todas as cartas que ele precisava estava lá, muita falta de sorte.

3-0-1

Round 5 – Junio Gonçalves (Night March)

Já estava mega cansado, muito tempo que não jogava tantas partidas seguidas e contra ótimos adversários, Junio é disparado um dos melhores do Brasil, já viajou para os EUA no mundial e em um formato mais técnico onde o jogador precisa mostrar sua habilidade tanto como player ou deckbuilder resolvemos empatar o que já garantiria os dois no top.

12805998_1149124105098663_8558809331642283057_n

3-0-2

12798846_1149124318431975_8764756278873144244_n
Eu vs Junio André vs Ponce

Top 4 – Junio Gonçalves (Night March)

Agora tem que jogar né? Essa partida dá para resumir muito bem.
1- Ganhei na moeda e pedi para ele começar afim de começar a puxar um prêmio, grande erro! Sabe de nada… ele começa faz aquele turno de 48 minutos de NM e usa o suporte, qual? GHETSIS! Acabando com mão e deixando por uma carta, sabe o que é pior? Se eu tivesse pedido para começar tinha laser mais estádio e ele de Feebas. Parabéns Jovis (y)
2- Eu começo essa partida, nessa consegui Archeops no t1 fazendo com que os Milotic não surgem efeito, melhor para mim, nocauteio dois Pokémon com dupla, já estava com Darkrai-EX, ele olha o deck, revela os prêmios… as duas últimas duplas nos prêmios.
3- Ctrl C + Ctrl V da primeira partida.

3-1-2

Agradecimentos

Gostaria de dar parabéns ao campeão Junio por ter provado que é um excelente construtor de decks além de ótimo jogador. Ponce que fechou os pontos paro o mundial, quero agradecer ele pelas dicas e por me emprestar um deck inteiro para que eu pudesse jogar. André que conseguiu um top em campeonato assim e todos aqueles que participaram. O Gordim que como juiz foi excelente, juntou carisma e o respeito que todos por ele e fez um ótimo torneio, espero que tenha ficado orgulhoso. Também ao Simões que correu atrás para ter esse City.
Confesso que estava um pouco desanimado com o jogo, mas é muito bom reencontrar a galera e ter partidas bacanas iguais a essas.
Espero que tenham gostado do report e quem sabe não aparece outras matérias por aqui e que os regionais comecem! 😉

Jogador desde quando saiu a Base Set aqui no Brasil, tendo minha melhor temporada 11/12, onde que no Nacional 2012 consegui o primeiro top pra Minas Gerais, ficando em 7º colocado. Venci alguns torneios como City’s e BR’s e top’s nos Regionais. Parei por um tempo, mas estou de volta para esse incrível jogo.
  • Saudades do jogo, expanded é lindo. Valeu pela match, melhor do dia já de cara

    • Wallysson Lima

      O TOM nunca dá moleza pra gente…