Report Regional Niterói – Henrique Augusto

postado em: Campeonatos | 3

Olá pessoal, tudo bem por aí?

Meu nome é Henrique, e estou aqui para fazer um report sobre o torneio da Legion Games, lá de Niterói no Rio, que eu acabei vencendo.

Eu comecei a jogar logo na Base Set, quando o jogo chegou aqui ao Brasil. Parei pouco tempo depois de Gym Challenge e Gym Heroes ( Blaine’s Arcanine lenda), voltando na época em que Uxie e Claydol estavam em seu auge, e iam em todos os decks. Parei mais um tempo e voltei faz um ano, logo após o lançamento de Phantom Forces. Desta vez voltei investindo bem no jogo e jogando uma parte da temporada passada, inclusive o nacional, mas mirando sempre nesta temporada em que estamos, pois conseguiria pegá-la desde o começo.

download

A escolha do deck partiu inicialmente do online. Quem joga conhece aquelas “ladders”, que conforme você vence as partidas você vai ganhando prêmios ao alcançar os objetivos. O prêmio final, sempre é uma carta de Apoiador Full art, e é conseguida após se alcançar DUZENTAS VITÓRIAS (pqp). Eu percebi que precisava de um deck onde as partidas fossem, teoricamente, mais rápidas(fossem para derrotas ou para vitórias, assim evitando empates)e para alcançar este número(200 vitórias) mais rápido também. Então depois de testar muitos decks, acabei caindo no Lucario/Bats. Pensei que agora talvez sem o Landorus-Ex ,o Lucario pudesse suprir o espaço que esta carta deixou após a rotação. A verdade mesmo é que não chega nem perto, pois aqueles 30 de dano que o Landorus- Ex causa no banco fazem uma diferença absurda. Enfim, mesmo assim, depois de tanto treinar no online com o Lucario, resolvi dar uma chance para este deck, e fui ajustando a lista.

Joguei o regional da Comics com o deck, e até que fui bem, ficando em 23º. Porém, o regional da Academia de Jogos é que acabou sendo bem decisivo. Após ser atropelado nas 2 primeiras rodadas em 2 mirrors e dropando o campeonato, acabei decidindo que eu tinha que mudar a lista se quisesse algo mais. Durante a semana fui treinando com o time(salve Team Zicamore), e fomos ajustando as listas dos decks de todo mundo. Pedi algumas dicas também para o grande Thiago Giovannetti, que está muito mais acostumado a jogar com o deck. Com isso, montei a lista e fomos para os regionais do Rio.

Sábado acabei ficando em 15º, e pontuei pela primeira vez em um regional. Decidi que o deck estava bom e não mudei a lista. Agora, depois desta bíblia, vamos ao report do campeonato de domingo (tive muita sorte no suíço, muita mesmo):

Round 1 – Mega Manectric/Zapdos

Logo na primeira rodada acabei caindo com o Roger, meu amigo e mebro do Team também. A partida era muito favorável para mim, ainda mais por ele não utiliizar as energias especiais e nem o Regice, que pode sempre atrasar o deck do Lucario. Sugeri o empate, mas no final das contas chegamos à conclusão que na primeira rodada seria melhor não empatar e então jogamos. A primeira partida abri de Shaymin e ele de Hoopa, um jogo horrível. Lembro de ter conseguido logo uma Korrina para já buscar um Lucario e tirar meu Shaymin da frente com um Scoop Up. Conforme ele foi baixando os Maneco fui dando o Lysandre. e ele concedeu e fomos para a segunda. A segunda já abri bem melhor e por incrivel que pareça o Roger abriu novamente travado, só com o Shaymin. Após strong, Muscle, estádio e nocaute do Shaymin, Lucario -Ex ele concedeu novamente e fomos comer algo.

1-0-0

Round 2 – ?????????

Sentei na mesa e esperei meu adversário. Estranhei que ninguém aparecia, e o juiz deu a permissão para o começo das partidas. Perguntei ao juiz o que havia acontecido com meu adversário e ele então me informou que o mesmo tinha tomado um deck check após a primeira rodada. Ele não tinha colocado as ultra balls na lista e decidiu dropar ao invés de jogar sem elas.

Tudo bem então né…

2-0-0

Round 3 – Night March

“Quando vi meu adversário na lista, já sabia quem era e qual deck estava usando. Acabei caindo contra o Victor, que tinha acabado de ser campeão no sábado na Point HQ com o mesmo deck. Fui para a mesa já sabendo que teria que colocar meus morcegos logo em campo para que a partida não ficasse ruim para mim.”

crobat_by_haychel-d6fi5kiA primeira partida abri de Hawlucha e um morcego no banco e comecei. Korrina para outro morcego, no banco e para um Lucario, acho que foi isso. Coloquei uma energia em um zubat (acho que foi isso, para tentar usar o menos que conseguisse o Lucario) e passei o turno. Ele faz aquele turno normal de night march destruindo o deck e….lá estava ele…catcher. Lógico que deu cara e ele acabou levando meu zubat com energia. Nao me lembro bem do resto da partida, mas lembro de ter um Lucario ativo com focus sash, ele usar compressor para Xerosic, VS no Xerosic na minha focus sash e me nocautear com Pumpkaboo. Concedi a primeira partida. A segunda partida me lembro de ja colocar 3 bats no primeiro turno. O jogo foi se desenrolando, e lembro que utilizei 2 vezes o Ace Trainer, o que acabou atrasando o Vitor e me garantindo a vitoria.

Na 3ª partida eu consegui colocar os 4 zubats já no primeiro turno e passei. Ele pensou, pensou, pensou e ligou uma energia no Pumpkaboo e PASSOU. Sem usar battle compressor, supporter, sem fazer nada! Apesar disso, ainda fui precavido e nocauteei o ativo dele com 2 golbats, sem fazer muita coisa com medo da volta. No turno dele ele pega mais um pumpkaboo..pensa…pensa…e PASSA! Daí resolvi gastar tudo que tinha de recursos e baixei mais morcegos que o MT MOON, deixando apenas os dois Shaymins dele vivos. No turno dele ele não compra nada novamente e concede.

3-0-0

Round 4 – Vileplume/Regice

Partida péeeeeeessima para o Lucario/Bats, horrível mesmo. Porém, acabei caindo contra outro membro do meu time, o Atila (eu disse que tinha dado sorte no suiço). Nós 2 estavamos 3-0-0 e, se jogássemos, provavelmente eu seria derrotado a menos que ele zicasse, e eu conseguisse montar um Lucario muito rápido. Decidimos então empatarmos, e sendo assim os dois ainda estavam com muita chance de TOP.

3-0-1

Round 5 – Mega Manectric/Lugia/Regice

Caí contra o César, ótimo jogador e já campeão nacional. Ele estava 4-0-0 e o empate para ele nas 2 últimas rodadas estava ótimo. Porém, eu precisava vencer, já que o empate era muito arriscado. Disse que teríamos que jogar.

Lembro que a primeira partida eu comecei muito bem, já levando um Maneco e outro Mega Maneco no Lysandre. Já a segunda partida foi um pouco mais complicada por causa da Lugia. Chegou uma hora em que eu tinha totalmente esquecido do 2 ataque dele, e ele acabou me levando um Hawlucha e descartando meu ultimo estádio em uma pancada só. Porém, mais uma vez o Lysandre junto com o Crobat me ajudaram e acabei vencendo.

4-0-1

Round 6 – Giratina/Fadinhas

Estávamos na primeira mesa então o empate já garantia os 2 no TOP.

4-0-2

Nessa hora eu já estava muito feliz, primeiro TOP que eu fazia. Estávamos esperando no andar de cima o TOP sair. Depois que o TOP saiu eu acabei ficando em primeiro e outro rapaz do team, o Roger, também acabou conseguindo ficar no TOP. O problema é que ele passou em 8º, ou seja, já nos enfrentaríamos no TOP 8:

TOP 8

TOP 8 – Mega Manectric/Zapdos

Diferente da primeira partida do Suíço, esta foi extremamente complicada. Não me lembro das duas primeiras, pelo motivo da 3ª ter sido extremamente tensa. Foram top draws atrás de top draws para os dois lados. Os que me lembro foram um Sycamore que eu tive que dar descartando duas energias normais, uma strong e uma carta do professor para ir atrás de uma muscle band e conseguir nocautear o Zapdos dele ativo com meu Lucario, pois eu não podia tomar dano daquele Zapdos. Comprei a do turno e o que me veio? Mais uma strong. Liguei no Lucario uma strong e descartei tudo que já falei acima. Com isso, e com as energias já no descarte eu sabia que me sobravam apenas mais 3 energias no deck, e ele estava com um enhanced hammer na mão, que pegou em um trainer´s mail em eu turno anterior. Ou seja, mesmo que buscasse a muscle e nocauteasse o Zapdos, eu já sabia que tomaria hammer e teria que ir atras das outras 3 energias dentro do deck. Tudo bem, eu precisava disso. Dei o Sycamore e lá estava a muscle, garatindo o nocaute no Zapdos, e não deixando qualquer outra energia também no campo dele. Ele subiu um maneco, deu o hammer na minha energia e ligou a energia no maneco dele e bateu no meu lucario e mais 20 em um golbat do meu banco. Eu estava com o estadio em jogo, a muscle no Lucario, um Crobat na mao e outro Sycamore.

Então lá vamos nós para outro Sycamore, mas dessa vez atras de uma energia. Evoluí para Crobat, causando 30 no Maneco e usei Sycamore. Antes de virar as cartas o Paulo, que era o juiz, disse: A energia é a última. Comecei a ver as cartas..sem energia…sem energia..sem energia..opa….lá estava ela…a ÚLTIMA carta! conforme o paulete tinha dito hahahah. Liguei no Lucario, e bati mais 140 na fraqueza nocauteando também o Maneco. Com as cartas que eu tinha na mão, eu já conseguia dar lysandre em outro maneco e terminar o jogo. Porém, tomei o ace trainer e comprei uma ultra ball, um zubat e uma Korrina. Eu tinha mais um Golbat em campo, portanto, eu precisava: ou comprar o último Lysandre, ou comprar um dos dois VS Seeker que ainda estavam no deck, para terminar a partida. Ele energizou um Maneco no banco, e me deu um Zapdos para frente, que eu não conseguiria derrubar naquele turno. Comprei a minha carta e qual era ela ??

O VS Seeker da vitória para Lysandre. Ultra ball Crobat e mais 140 em outro Maneco. Fim de jogo.

5-0-2

TOP 4 – Mega Groudon/Landorus

Agora era o Bortoni, que estava indo bem com este deck. Me lembro pouco de nossas partidas, mas lembro que ele não chegou a usar nenhuma vez Dama do Centro Pokemon e de ter tido azar de começar as 2 partidas com Groudon na frente. Fui só dando danos com Crobat e Golbat atrás e carregando meus Hawluchas com Muscle e Focus sash. Sempre que podia eu dava Lysandre em algum Groudon do banco para espalhar mais dano. Cheguei a carregar um Lucario com 2 Strong e Focu sash. Ele concedeu a segunda partida.

FINAL – Lucario/Bats

Caramba, primeiro TOP e consegui chegar na final! Eu olhava meu Team torcendo por mim e estava muito satisfeito com o resultado. Caí contra o PP na final em uma mirror. Engraçado que durante o Suíço nós estávamos comparando e conversando sobre os decks. Ele não utilizava Scoop Up e na ocasião eu disse que, apesar de ser uma carta de sorte, eu achava muito forte. E foi ela que acabou me dando a primeira vitória, em um Scoop Up em um Lucario ativo já com muito dano. Consegui retornar o Lucario inteiro para a partida e fomos para a próxima. Nas duas partidas o PP acabou zicando bastante e não conseguiu baixar nenhum Crobat (ele utilizava uma linha diferente da minha), que é essencial na mirror. Na 2ª partida, eu já consegui levar um Zubat logo de cara, com um Lucario e uma strong, e no desenrolar da partida eu levei um Lucario com um Crobat. No final restando dois prêmios e com o jogo na mão, já com o Lysandre mirando o Shaymin dele no banco, fiquei esperando que ele não usasse AZ no Shaymin,  ele pensou um pouco e usou Korrina. No meu turno Lysandre no Shaymin e acabei campeão !!!

Considerações Finais

Muito obrigado para quem teve a paciência de ler este livro, que foi meu report deste campeonato hahaha.

O deck é muito bom, e consegue se sair bem contra a maioria dos decks do formato. Tenho muito a agradecer ao meu Team, que me convidou quando eu ainda estava treinando sozinho. Rafael “Birch” Fuchs, Roger e Atila muito obrigado pelos conselhos, ajudas e treinos contra muitos decks que fizemos. Team Zicamore aparecerá muito ainda! Esforço não faltará, podem ter certeza. E agradeço também ao Giovannetti, por ter me dado alguns conselhos em relação ao deck. Muito obrigado mesmo! E tenho que agradecer ao Chuck também que, quando voltei, me ajudou bastante em relação às cartas e em relação ao meta daquela época. Muito obrigado também a vocês, e a todos que sempre me deram uma ajuda como o Lespier, Ian, Semedo, Renatao e Leozinho, enfim. Muito obrigado! E espero que tenham mais reports hahaha.

Grande abraço! – Henrique Augusto 

Jogador de Pokémon TCG desde 2004, comecei o competitivo em 2010,
natural de Formiga Minas Gerais e atual morador de Belo Horizonte, graduando em Engenharia de Computação pela PUC Minas e spammer nas horas vagas.

  • SonSon

    Ótimo report, parabéns!

  • k

    Tem como postar a lista?

  • Grande report! Parabens meu velho, para mim nao tem nada de sorte ai, foi bem merecido mesmo! 🙂