Road to Worlds – Quem acredita sempre alcança

postado em: Campeonatos | 1

Fala galera. Aqui é o Júnio novamente e vim hoje aqui pra contar pra vocês o final da minha caminhada para o mundial. Tudo começou assim. Nessa última leva de regionais como ainda me faltavam 80 pontos para fechar o convite para o mundial eu decidi participar do máximo de regionais que eu conseguisse. Fui aos regionais do RJ e minha melhor coloção foi 9º lugar no de Nitéroi, o que não me rendeu nenhum CP pois não deu 65+ jogadores. Em Belo Horizonte fiquei em 10º o que também não me deu CP. Me sobrou os dois últimos regionais do Brasil para que eu conseguisse esses pontos e infelizmente eram os regionais mais difíceis, os de SP. Fui com a intenção de conseguir dois TOP 16 o que me dariam 90 CP e minha vaga para o mundial. Me desculpem quem eu não consegui lembrar os nomes, minha memória é péssima.

Regional Bazar Magic

Escolha do deck

Durante esses 3 regionais que eu tinha participado joguei um de Landorus/Crobat e outros dois de Flareon. Gostava bastante da forma de jogo do flareon e estava decidido a ir com ele em SP. Até que o Alex Silva me convenceu a ir de Landorus/Crobat que é um deck mais consistente e não precisa ser combado para fazer um resultado bom. E após as dicas recebidas também no Meta! Podcast resolvi ir com esse archtype. Peguei a lista que usei no RJ e fiz umas pequenas modificações. Mandei para o meu amigo Snake, que venceu o regional de Nitéroi com algo parecido (veja como foi esse campeonato clicando aqui). Ele me deu uma pequena dica que eu assumi que era o melhor a se fazer. A lista final ficou assim:

Pokémon

2 Zubat (PS 53)
2 Zubat (PF 31)
4 Golbat (PF 32)
3 Crobat (PF 33)
2 Landorus EX (BC 89)
1 Lucario EX (FI 107)
3 Hawlucha (FI 63)
1 Jirachi EX (PB 98)
1 Dedenne (FI 34)

Trainers

4 Professor Sycamore (XY 122)
3 N (DE 96)
3 Korrina (FI 95)
1 Colress (PS 118)
2 Lysandre (FF 90)
3 VS Seeker (PF 109)
4 Ultra Ball (FF 99)
3 Muscle Band (XY 121)
1 Scoop Up Cyclone (PB 95)
1 Escape Rope (PC 127)
3 Fighting Stadium (FI 90)
1 Professor’s Letter (XY 123)
1 Silver Bangle (PB 88)
2 Silent Lab (PC 140)

Energys

4 Strong Energy (FI 104)
5 Fighting Energy (XY 137)
Crobat

Round 1 – Aloísio Yan (M Manectric/Landorus)

Realmente não me lembro de nada da primeira partida. Me desculpem. Caso você que tenha jogado comigo está lendo isso comente que eu edito aqui.

Edit: Obrigado Aloísio por me lembrar que a gente tinha jogado. A partida foi bem difícil pra ele, já que não poderia usar seu Pokémon principal, Mega Manectric EX. Realmente não me lembro muito, mas pelo o que me lembro foi tranquilo. Consegui nocautes importantes com bats nas horas certas.

1-0-0

Round 2 – Damian Anile (Seismitoad/Manectric/Mewtwo)
A partida foi bem tensa dos dois lados. Não me lembro de muita coisa mas no último jogo eu estava ganhando até anunciarem os três turnos. O que acabou virando um empate.

1-0-1

Round 3 – Lucas Stinguel (Metal Box)
A primeira partida demorou bastante, não consegui baixar os bats o que dificultou muito pra mim e ele ganhou. Na segunda eu estava em clara vantagem até anunciarem os três turnos e eu não consegui pegar os 4 prizes faltantes. Sabia que daqui pra frente, se eu quisesse top só poderia vencer. Corri atrás disso.

1-1-1

Round 4 – Renato Lauri (Yveltal/M Manectric)
A partida foi bem tranquila pra mim. Na primeira ele zicou bastante. Na segunda comecei matando um Darkrai com o combo Hawlucha + Muscle band + Strong energy + Silent Lab. Depois de alguns turnos fiz a mesma coisa em cima de um M Manectric EX. Logo depois matei um Jirachi EX no banco com Crobat.

2-1-1

Round 5 – Henrique Prieto (Landorus/Bats)
O mirror foi bastante difícil. O Henrique é iniciante e jogou muito bem mas pecou em algumas coisas o que me fez vencer.

3-1-1

Round 6 – ??? (Eggs)
A primeira partida eu consegui Silent lab logo no t1 matando 2 Exeggcute o que me deixou em vantagem. Fui administrando o jogo e levei. Na segunda ele montou rápido os Exeggutor e eu não consegui fazer muito. Na terceira donkei o Exeggcute com um Landorus EX.

4-1-1

Round 7 – ??? (Eggs)
Comecei bem rápido com silent lab e matando os Exeggcute no banco. Ele não conseguiu montar o jogo. Na segunda o jogo estava pau a pau até que ele usou Town Map e eu percebi que tinha dois Exeggutor no prize, um em jogo e outro no descarte. Então matei esse o mais rápido possível e consegui levar tranquilo o resto da partida.

5-1-1
Top 8 - Bazar Magic
O top estava garantido! Fiquei bastante feliz com o meu resultado. Quando saiu a colocação vi que jogaria contra o melhor da Argentina, Diego Cassiraga.

VS Diego CassiragaTOP 8 – Diego Cassiraga (Eggs)
Novamente Eggs! Sabia exatamente o que fazer. Silent lab e não gastar recursos atoa. Saber quando atacar e quando simplesmente passar. Na primeira partida fiz o de sempre silent lab e matei 2 eggs de uma vez. O que me deu mais um turno de supporte. O jogo foi bom pro leu lado. Tive alguma sorte também quando ele errou três crushing hammer no mesmo turno. Venci a primeira. Na seggunda o jogo foi bem demorado. Quando anunciado os três turnos ele precisava pegar 4 prizes e naquele momento do jogo era impossível fazer isso.

TOP 4 – Damian Anile (Seismitoad/Manectric/Mewtwo)
Na primeira partida eu estava com uma grande vantagem. Tinha um Lucario pronto e ele estava zicando. Usei Juniper e Colress procurando energia mas não veio nenhuma. Após isso ele conseguiu nocautear meu Lucario e comprou N no mesmo turno. Nisso fiquei a espera de energias, o que não aconteceu. Ele ganhou. Na segunda não me lembro muito bem mas não consegui fazer muito.

Fiquei bastante feliz com o resultado, apesar de ter faltado um pouco de sorte no TOP 4. Consegui fechar meus CP o que me deixou mais feliz ainda.

225/200

Regional Magic Domain

Escolha do deck

Com os meus CP garantidos queria me divertir nesse outro campeonato. Quando cheguei ao hotel analisei o meta que enfrentei no dia. Decidi jogar de Virizion/Genesect. Como não tinha quase nenhum Virgen no primeiro dia acreditei que ninguém se preocuparia com o deck e foi aí que eu ataquei. Mas eu não gosto do convencional, então usei a lista do meu amigo André Bortoni (com uma pequena modificação) e peguei umas cartas emprestadas com o grande Thiago Silva. Segue a lista:

Pokémon

3 Virizion EX (PB 9)
3 Genesect EX (PB 11)
1 Seismitoad EX (FI 20)
1 Illumise (PC 18)
1 Jirachi EX (PB 98)

Trainers

4 Professor Sycamore (XY 122)
4 N (DE 96)
2 Skyla (BC 134)
1 Ghetsis (PF 101)
1 Shadow Triad (PF 102)
1 Lysandre (FF 90)
1 Lysandre’s Trump Card (PF 99)
3 VS Seeker (PF 109)
3 Muscle Band (XY 121)
3 Ultra Ball (DE 102)
2 Energy Switch (FI 89)
1 G Booster (PB 92)
2 Switch (BW 104)
1 Escape Rope (PC 127)
1 Enhanced Hammer (PF 94)
4 Hypnotoxic Laser (PS 123)
3 Virbank City Gym (PS 126)
1 Colress Machine (PS 119)

Energys

9 Grass Energy (XY 132)
4 Plasma Energy (PF 106)
Virizon

Round 1 – Gustavo Marques (Seismitoad/Manectric/Garbodor)
Ele foi o campeão no dia anterior. Sabia que não seria uma partida fácil mas eu tinha uma certa vantagem, já que ele não poderia usar seus Seismitoads. Na primeira meu jogo fluiu bastante. Fiquei bem atento pra analisar o deck dele para as próximas partidas e nisso percebi que ele usava 4 Head Ringer. O que me deu bastante trabalho e ele ganhou a primeira. Na segunda eu comecei e usei Ghetsis logo no T1. Na mão dele tirei Head Ringer, Muscle band, Ultra ball e Computer Search. Após isso o jogo foi bem tranquilo. Na terceira logo no segundo turno ele usou Juniper descartando outro 4 supporters e nisso já tinha 2 vs seeker no descarte. Então joguei em cima dessa falha. Ele pegou 4 prizes nos próximos 2 turnos. Então ziquei ele com N e consegui levar o resto da partida tranquilamente.

1-0-0

Round 2 – Thiago Giovannetti (Landorus/Bats)
Essa foi uma das mais difíceis no campeonato. A primeira ele ganhou tranquilo, o match é bem difícil pra mim. E como eu não tinha treinado com o VirGen não sabia muito bem como lidar nessa partida. Na segunda consegui encaixar um Seismitoad crucial o que me fez ganhar o jogo, travando ele. Na terceira eu estava bem na partida. Anunciaram 3 turnos. Eu tinha tudo pra ganhar. Tinha um Genesect pronto pra matar qualquer coisa com G Booster e 2 prizes faltando. Dei N pra 1 para ele e matei o Hawlucha que estava bombado na frente. Nisso ele comprou Colress. Usou e comprou 2 Crobat e uma energia. Evoluiu os Crobats e atacou no banco, matando um Virizion meu que já estava com 90 de dano.

1-1-0

Round 3 – ??? (Seismitoad)
A partida é muito favorável para o VirGen. Ele teria que acertar bastante Hammer pra poder ganhar e não foi o que aconteceu. Eu sempre tinha resposta pra tudo. Quando usava silent lab + laser e me deixava Sleep eu tinha Virbank pra quebrar. E foi assim a partida. Eu conservava minhas energias e atacava. Ele corria atrás dos hammers e cassius. As duas partidas foram bem tranquilas pra mim.

2-1-0

Round 4 – Ian Fukuda (Virgen)
Essa partida eu achei que iria perder. Meu deck não estava preparado pro mirror. Ele começou a partida e eu tentei atrasá-lo usando escape rope. Consegui os Red Signal nas horas certas da partida. Ele pegou prizes primeiro então eu usei N para 4 e depois N para 2. Depois disso consegui fazer os nocautes e levar a partida. A segunda partida foi uma cópia da primeira. Sempre tinha respostas na mão e ganhei tranquilo.
3-1-0

Round 5 – Sebastian Lugo (Eggs)
Na primeira partida eu comecei. Ele abriu de exeggcute então mostrei o laser e o Virbank e fomos para a segunda. Na segunda ele conseguiu montar o jogo dele me travando bastante e não consegui jogar. Logo na terceira partida consegui montar meu jogo fácil porque ele não conseguiu energias em 2 turnos seguidos. Nessa partida ele não atacou nenhuma vez com Exeggutor e eu venci.
4-1-0

Round 6 – Alex Silva (M Gardevoir)
Eu sabia que essa seria a partida mais difícil do campeonato. Além do Alex jogar muito bem ele tinha uma tech contra o meu deck, Spiritomb. No primeiro jogo ele começou e já desceu Spiritomb logo no T1 então meu jogo seria caçar o Spiritomb. Consegui puxar ele mas não tinha laser pra fechar o dano, então bati 70. No outro turno ele recuou e usou max potion nele e continuou seu setup. Logo no próximo turno consegui puxar o spiritomb novamente e com laser, então nocauteei e consegui jogar o resto mais tranquilo. Quando ele subiu a M Gardevoir dei G Booster com Laser e levar ela. Não teve mais jogo. Na segunda partida tive um começo mal e não consegui setup. Ele teve o mesmo começo do jogo anterior e levou fácil. Já na terceira partida estava se repetindo igual a primeira. Usei ultra ball pra buscar o jirachi pra nocautear o Spiritomb mas o Lysandre estava no prize. Não consegui matar ele na hora certa. Matei no próximo turno, mas ele respondeu com M Gardevoir. Nisso eu não tinha mais nada em jogo e não consegui fazer mais nada. Ele levou.

4-2-0

Round 7 – Rodrigo Gianni (Virgen/M Manectric)
Nessa partida eu estava desanimado. Achei que não iria passar mesmo se vencesse. No dia anterior não passou nenhum 5-2 para o top. Sugeri ao Rodrigo pra gente empatar, mas ele disse que teria uma pequena chance de passar então jogamos. Na primeira partida foi bem tranquilo. Consegui fazer o mesmo jogo que fiz contra o Ian. Sempre tinha as repostas e levei. Já na segunda partida ele montou um M Manectric EX que me deu bastante trabalho e precisei de dois ataque pra matá-lo. Um G Booster e um ataque da Illumise. Mas ele ganhou o jogo. Já na terceira partida ele começou zicado, então segurei os N e consegui montar meu jogo. Usando alguns Red Signal importantes levei a partida.

5-2-0

Top 8 - Magic Domain

Eis que saí o resultado do TOP 8 e eu passei em oitavo! O único 5-2-0. Fiquei muito feliz. Não esperava mesmo!

TOP 8 – Thiago Giovannetti (Landorus/Crobat)
A partida foi muio difícil pra mim. Não consegui fazer muito. Não consegui encaixar o Seismitoad na hora certa e acabei perdendo facilmente.

300/200

Conclusão

Quero agradecer aqui a todo mundo que acreditou e torceu por mim. Sem vocês isso não seria possível. Agradecer ao Ruimar que me deu uma carona e arrumou um hotel para eu ficar. Muito obrigado mesmo. Ao Thiago Silva e o Alex Silva por me ajudarem, tanto emprestando cartas ou dando dicas. Ao Snake que também me ajudou com Landorus/Crobat. E ao André Bortoni pela lista de VirGen/Techs. E é isso aí galera. Consegui fechar meus CP e estou muito feliz com isso! Acreditem sempre. Vejo vocês em Boston!

Top 8 - Regional Domain

Jogador de Pokémon TCG desde os primórdios que não perde um campeonato por nada. Sua preferência é rogue mas não deixa de se arriscar de vez enquando no tier 1.
  • Pedro Sales

    Mito, lenda, ídolo! #eusabia!