Sessão Nostalgia – Campeonato Nacional 2012

postado em: Campeonatos | 0
Nacional 2012, Ludus Luderia SP
A internet é muito bom, navegando sem intenção alguma, olha o que encontrei de interessante, um report de dois anos atrás, pra dar uma animada nessa temporada que promete ser a melhor de todas, vai meu report de 2012 do nacional disputado na Ludus Luderia em SP.

Primeiro, uma apresentação breve do meu histórico recente em competições oficiais.

Battle Road Autumn – Divinópolis/MG 16/10/2011 (Mewbox): 2º Colocado
City Championship – Divinópolis/MG 12/02/2012(CaKE): 2º Colocado
Battle Spring – Formiga/MG 06/05/2012 (Durant): 2º Colocado

A viagem pra SP foi cansativa, decidimor ir de ônibus e ele saiu daqui eram meia noite e meia e o medo de não chegar em SP a tempo era muito grande já que não conhecíamos nada por lá, porém a viagem foi tranquila e deu pra pensar muito no deck que iria jogar, estava muito em duvida e medo de jogar Durant, apesar de ter um bom match contra todos do formato, é um deck que depende muito da sorte mas ainda bem que fui com ele…
Sem contar outros torneios que valiam pontos pra jogar o nacional, acabei ficando com 7 PP’s e assim possível jogar o Nacional. Foi uma temporada incrível onde peguei TOP em todas os campeonatos oficiais, isso mostra que o que fiz essa temporada não foi em vão.
Gostaria de agradecer todos por esse lindo ano, onde travamos muitas batalhas épicas e por cima de tudo a amizade. Obrigado Soi, Leozinho, Leonardo, J Polowski, Pedro, Rayan, Thales “Gordin”, Alex, Jin, Humberto, os Gustavo’s e Renato’s de BH, Snake, Thiago Silva, Rafael Sta Rosa. Alessandro Garritano, Marllon Felipe, Andherson Silva e a todos que passaram essa temporada treinando comigo.
O bom de pegar a mala e viajar é a companhia (e sem ela eu tenho certeza que não seria a mesma coisa), os dois dias que passamos com o pessoal de MG e ES foi realmente muito bom.

Então vamos pro Report que é o que interessa:

26/05/2012

1ª Partida: Felipe Oliveira ‘ Raskunho ‘ RJ (Durant)

Quando fiquei sabendo que meu primeiro match seria contra um deck “mirror” já fiquei nervoso pois era o único deck com qual não havia treinado.
Cumprimentamos e fomos jogar: Eu compro as sete cartas, e quando dou uma olhada na minha mão eeee… ROTOM!! Nice.
Pensei: Putz, comecei bem o torneio, não tive como fazer nada, eu comecei, dei Collector, peguei 3 Durant’s e baixei energia no Rotom.
No turno dele, ele desceu 4 Durant’s e usou Crushing, deu cara, ele descartou e foi assim o jogo todo, eu não recuava, ele acertava TODOS os martelinhos e ganhou o primeiro jogo.

(0-1)

2ª Partida: Allan Weber PR (Vileplume, Lilligant, Shaymin EX)

Eu dei inicio a partida com um Durant e ele com um Oddish de começo, fiquei muito nervoso, Vileplume era mortal para Durant, o único jeito de ganhar era não deixar ele fazer um Vileplume.
Dito e feito, ele não teve sorte, porque não conseguiu montar um Vileplume a partida toda, então foi uma partida relativamente fácil, porque ele errou muitas moedas mesmo tendo Victini amigo no banco

(1-1)

3ª Partida: Fabio Kletinguer ‘ Esquilo ‘ SP (Zekrom/Eelektrik)

Assim que fiquei sabendo que jogaria contra o esquilo, fiquei muito feliz, era um jogador TOP e muito respeitado na comunidade Pokémon TCG.
Infelizmente pra ele, começou muito mal, me deu 4 Devour* de frente, quando ele começou a matar meus Durant’s já não tinha como ele fazer nada, porque faltava 3 prêmios e poucas cartas no deck dele.
Mas foi um prazer ter jogado com ele, muito obrigado.

(2-1)

4ª Partida: Carolina Carvalho GO (CMT)

Ela começou com Celebi, Dual Ball pegou um Tornadus, DCE, PONT, energia de grama e… não veio nada pra recuar. Ufa!
Fiz meu jogo, consegui baixar os 4 Durant’s, Lost Remover, Crushing, Catcher, puxei o Tornadus pra frente e Devour, descartei 4.
Ela baixava energia era Lost ou Crushing e o jogo foi indo, até descartar todas as cartas do deck dela. Por pouco não tomei um T1, parabéns Carol.
Infelizmente acabei com o nacional (e o casamento) dela. HAHAHAHAHAHAHA..

(3-1)

5ª Partida: Fabio Lona SP (Zekrom/Eelektrik)

Mais um grande jogador na minha frente, com muitos títulos e ainda por cima já participou do Mundial de Pokémon, mas isso não importava, precisava vencer pra continuar sonhando com o TOP 16.
Eu começo de Durant, Collector, pego 3 Durant desço pro banco, energia metal e Devour. Comecei descartando Junk Arm dele e outras coisas importantes.
Mas mesmo assim, ele monta o jogo dele muito rápido e começa a aniquilar minhas Formigas.
Ele conseguiu puxar 5 prêmios, eu dou N, sai com Catcher e usei no Eeletrik, ele fica com 2 cartas no deck, compra eeee.. PASSA.
Devour e ganho o jogo. Foi uma ótima partida.

(4-1)

Acabou as partidas do primeiro dia, a rodada final e o TOP seria no outro dia, eu sei que precisava de mais uma vitória pra entrar.
Fomos pra casa do Marllon Felipe, onde fomos bem tratados e muito bem recebidos. Obrigado Espirito Santo mais uma vez!

27/05/2012

6ª Partida: Nathalia Fernandes GO (Terrakion)

Team Formiga
Ela estava 4-1 também, então estava muito bem encaminhada pro TOP. Ela ganhou 4 seguidas então tinha que ficar esperto com ela.
Ganho no cara ou coroa, começo de Durant, ela de Terrakion, ótimo match pra mim, era só baixar os 4 e estava fácil mas quando vou procurar, 2 DURANT nos prêmios. (Really?)
Desço um e busco Rotom, uso o power, Level Ball e nada de Durant, eu uso Devour e só 2 cartas, no turno dela, ela baixa energia e passa.
No meu turno, uso Crushing Hammer, coroa, Junk, coroa, Juniper, Crushing, cara! Ufa, ja dava pra segurar um pouco mais agora, uso o power de novo e Level Ball e tinha achado ele nos prêmios, desço pro banco e Devour.
Na vez dela, ela desce outro Terrakion e desce Exp Share, energiza e passa.
Eu uso martelinho e acerto, uso o power, uso Dual Ball e pego mais um Durant, depois disso foi só continuar assim e ganhar o jogo.

(5-1)

LOOOOOOOOOOOOOOL! Primeiro Nacional com TOP, não acreditava, agora era outro torneio e tinha que continuar desse jeito.
Sorteia os desafiantes e meu próximo jogo era:

TOP 16: Rafael Almeida RJ (Zekrom/Eelektrik)

De todos que tinham passado no TOP, Rafinha era o único que não queria pegar, conheci ele no Nacional e era uma ótima pessoa e além disso um ótimo jogador..
Primeira partida, começamos bem, eu já dou Devour e descarto 4, mas descarto muitas energias de começo e pra ele era ótimo. Ele monta tudo e começa a matar.
Continuamos e deixei ele com 2 cartas no deck, por pouco não venci a primeira mas todos os méritos foram dele, jogou muito!

Segunda partida, eu comecei e já fui pra cima, como o Ponce** mesmo disse: “Jogue rápido, porque pra Durant tem que ser assim.”
Dito e feito, joguei como um louco e deu certo, consegui descartar tudo de útil dele e consegui vencer.

Terceira partida, ele começa e vai montando tudo, energia no Zekrom e passa, eu uso Crushing, acerto e já dou Devour com 4 cartas do deck, ele monta um Eelektrik no banco e desce um Tynamo sem recuo e passa a vez, no meu turno eu continuo com Devour e por ai vai, ate ele conseguir montar seu Zekrom todo e começa a puxar prêmio por prêmio, até ficar com apenas dois, poucas cartas no deck, um Zekrom com 80 de dano, um Eeletrik no banco com uma energia.

Pensei que iria perder quando a próxima carta que eu compro é uma Prism Energy, desço Rotom, estava apenas com dois Durant’s no jogo mas com energia, recuo, energizo, Twins, Crushing e Catcher, CARA! Descarto a energia do Eelektrik, uso catcher, puxo ele pra frente e mato o zekrom dele com o ataque do Rotom! Compro o prêmio e puxo um N. LOL. No turno dele, desce Mewtwo EX pro banco no desespero, faz outro Eelektrik, usa os dois Ability, usa N e sai uma Double pra recuar e matar meu Rotom.
1 Prêmio apenas. Com o N, compro 2 Junk Arm e ainda um N. Uso um revive, depois Junk Arm para poder pegar Catcher e subo o Eelektrik, energia do turno no Durant, dou N, eu compro mais um Junk, e pego outro Revive, ataco com Devour, descarto mais 4 cartas. Ele ficou com uma carta no deck, tudo que ele tem pra fazer é passar e me deixar ganhar! Ufaaa! Melhor partida do Nacional, muito obrigado mesmo!

(6-1)

Top 8: César Lopes SP (CMT)

Partida horrível, o deck dele rodou e o meu não, simples. Pelo menos perdi pro cara que iria ser o campeão, parabéns!

(6-2)

Enfim, ótimo, terminei em 7º na verdade mais do que esperava, foi uma experiência única, por isso aproveitem essa temporada toda, porque vale a pena chegar no final e sentir orgulho do que fez!

Conclusão:

Espero que tenham gostado, já faz bastante tempo, parei depois do nacional e estou voltando com tudo essa temporada, acredito que essa temporada temos tudo pra ser melhor que foi, junto com o Junio, Ribeiro, Pedro Sales, Rodrigues, Feral, Leozinho e Gordin e muitos outros jogadores daqui de Minas Gerais, que essa temporada seja melhor pra gente.

Gordin mitando no Nacional 2012, (0/5) #NãoAlmoceGordin


Wallysson (SonSon) Lima

Jogador desde quando saiu a Base Set aqui no Brasil, tendo minha melhor temporada 11/12, onde que no Nacional 2012 consegui o primeiro top pra Minas Gerais, ficando em 7º colocado. Venci alguns torneios como City’s e BR’s e top’s nos Regionais. Parei por um tempo, mas estou de volta para esse incrível jogo.